Você conhece os tipos de tecidos utilizados na fabricação de colchões?

Em primeiro lugar, é necessário que todos os tecidos recebam tratamento anti-alérgico, anti-ácaro, anti-fungos. Quando for comprar um colchão certifique-se com o vendedor (e confirme pela etiqueta) de que o tecido utilizado tenha este tratamento completo, haja vista a importância do sono na sua saúde.

TECIDO 100% SINTÉTICO

O tecido 100% sintético é produzido exclusivamente para colchões, com poder de absorver o suor, ou qualquer tipo de líquido.

Por ser sintético ele se torna naturalmente anti-alérgico, não sendo propenso ao acúmulo de poeira e materiais orgânicos, além de ser de fácil higienização.

MAQUINETADO

O tecido maquinetado tem as mesmas características do tecido sintético. Aliás, o maquinetadoé um tipo de tecido sintético.

A diferença deste para o tecido acima comentado está no acabamento.O maquinetado é um tecido mais encorpado, e o bordado é acetinado e em alto relevo.

JACQUARD

O Jacquard não é necessariamente um tecido, mas sim um tipo de trama em que se misturam dois tipos de fibras: normalmente o algodão e o sintético, mas também podem ser produzidos em um único tipo de fibra, ou em fibras de características mais semelhantes (como a seda e o algodão).

Esta composição torna o jacquard um “tecido” bem encorpado e de toque macio e agradável ao tato. Quanto mais fibra natural nessa mistura, mais macio e fresco.

ATOALHADO

O “tecido” atoalhado tem características bastante semelhantes às do jacquard.

Também é um tipo de trama, porém sua superfície é mais aveludada.

Devido à sua maciez, o atoalhado confere uma característica de aconchego no inverno e conforto no verão.

BAMBU

O bambu é um tecido dito como “ecologicamente correto”, pois em sua composição — afirmam os fabricantes — utilizam-se fibras naturais de bambu.

Este tecido é apresentado como sendo o mais delicado e agradável ao toque, além de proporcionar uma maior sensação de frescor.

0 respostas

Deixe um comentário

Quer se juntar à conversa?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *